Compartilhe:

Canal do Panamá

Projeto para Expansão do Canal do Panamá

Cenário

O crescimento de economias emergentes, como a da China e do Brasil, elevou o transporte de matérias-primas e produtos entre as Américas e a Ásia, fazendo-se necessária a construção de navios com maior capacidade, visando a redução de custos no transporte.

Atenta a isso, a Autoridade do Canal do Panamá, desenvolveu um plano de expansão e otimização das atividades, que consiste em construir o terceiro conjunto de eclusas, a fim de receber navios com capacidade de cerca de 170 mil toneladas, chamados de pós-Panamax, que transportam mais que o dobro de volume de conteiners que os Panamax, navios atendidos pelo canal hoje.

Desafio

Conhecer a melhor combinação de configuração física e regras de funcionamento para atender diferentes níveis de demanda do canal expandido e a quantidade de recursos necessários para operar o canal.

O Projeto

Desde 2003, a Paragon está presente em projetos e estudos de dimensionamento e capacidade do Canal do Panamá.

Em 2012, um novo sistema foi desenvolvido, a fim de permitir decisões com uso de previsões de demanda e tendências, otimização do scheduling/sequenciamento de navios, simulação de tráfego e regras de navegação/eclusagem, considerando as características dos navios como tamanho, segmento de mercado, agendamento, direção, dentre outros.

Resultados:

Foi desenvolvida uma ferramenta operacional para a equipe do Canal, para analisar a operação e determinar quais são os impactos e a capacidade do canal atual e expandido, contemplando um dashboard gerencial baseado na tecnologia Scenario Navigator, oferecida com exclusividade na América Latina pela Paragon.



Fechar X

Cadastre seu e-mail para receber novidades!





Fechar X

Avise-me próxima turma



Fechar X

Indique esta página